https://simal.ing/
Exposição Portreto de la Animo propõe Oficina e Performance - Museu Nacional Soares dos Reis
Loading...

Exposição Portreto de la Animo propõe Oficina e Performance

10 de Novembro, 2023

A exposição “Portreto de la Animo” e as atividades paralelas são o foco do programa «Arte & Saúde» em 2023, prosseguindo com oferta cultural orientada à minimização do impacto da doença mental.

 

Portreto de la Animo pode ser visitada de terça a domingo, das 10h00 às 18h00.

 

Inscrições on-line

A programação paralela da Exposição Portreto de la Animo Art Brut Etc. propõe, no dia 19 novembro, uma oficina e uma performance relacionadas com o movimento e a coreografia.

 

Agendada para as 10h30, a Oficina «Um passeio pela natureza do corpo» pretende lançar um desafio relacionado com as múltiplas leituras sobre o corpo enquanto paisagem, máquina ou animal. Como o movimento e a sua coreografia nos podem abrir novas narrativas sobre o corpo, o olhar o outro e o sermos natureza.

 

A atividade, com duração de 1h30, é dirigida a famílias e público em geral, tendo participação gratuita.

 

Pelas 12h00, será apresentada a performance «IO – Paisagens, Máquinas, Animais», a primeira peça de uma série de trabalhos de Né Barros que se movem entre Paisagens, Máquinas e Animais. A peça IO vai buscar o nome a uma das quatro grandes luas de Júpiter que, apesar de estar localizada numa região gélida, se carateriza por ser o local com maior atividade vulcânica do Sistema Solar.

 

É com este título que José Alberto Gomes lança o seu disco, que parte da manipulação e desconstrução do timbre rico e hipnótico do saxofone barítono e que se estrutura numa obra de um só fôlego, paciente, de inúmeras camadas, assumidamente influenciado pelo universo da ficção científica e fortemente marcado pelos tons introspetivos sempre presentes no percurso de BlacKoyote (editora do disco). É este ambiente de extremos e de contrastes que também inspira a peça final dirigida por Né Barros, que assume uma forma híbrida entre concerto e performance.

 

A atividade, com duração de 50 minutos, é dirigida a famílias e público em geral, tendo entrada livre, sujeita à lotação do espaço.

 

Notas biográficas

NÉ BARROS

Coreógrafa e bailarina, investigadora no Instituto de Filosofia da Universidade do Porto no grupo de Estética, Política e Conhecimento. Tem desenvolvido o seu trabalho artístico em conexão com os seus estudos académicos e pesquisas. Iniciou a sua formação em dança clássica e, posteriormente, trabalhou em dança contemporânea e composição coreográfica nos Estados Unidos (Smith College). Doutorada em Dança (Universidade de Lisboa) e Master in Dance Studies (Laban Centre, Londres). Concluiu um Pós-Doutoramento no Instituto de Filosofia sobre a estética das performances. Estudou Teatro (ESAP). Como coreógrafa, tem colaborado com artistas visuais, fotógrafos, realizadores de cinema, encenadores e músicos.

 

 

JOSÉ ALBERTO GOMES

Músico, artista sonoro e curador. Completou o curso de piano do Conservatório do Porto e, em 2007, finalizou a licenciatura em Composição na ESMAE. Doutorado em Computer Music pela Universidade Católica Portuguesa, tem estado ligado ao ensino na área da arte e novos media. Atualmente é coordenador do Serviço Educativo Braga Media Arts (Cidade Criativa da UNESCO no domínio das Media Arts) onde desenvolve e orienta conteúdos, espetáculos e projetos de criação artística ligada às novas tecnologias na arte, comunidade e educação. É docente na Escola das Artes – UCP, no Mestrado em Engenharia em Desenvolvimento em Jogos Digitais – IPCA e no Doutoramento de Media e Arte Digital na Universidade Aberta.

×