Loading...
Serviços

Educação

Aula de Desenho

 

 

 

 

 

Educação não transforma o mundo.
Educação muda as pessoas.
Pessoas transformam o mundo.

Paulo Freire

 

A palavra museu é antiga, mas não cheira a mofo!

Os museus são um lugar de todos e para todos. São lugares de perguntas e de respostas, de descoberta e de construção, de transformação, mas também de diversão. Aprender de forma divertida. É disso que se trata quando se fala de Educação em Museus e quando se fala do Serviço de Educação do MNSR.


VISÃO

Ser um espaço de valorização da pessoa e do mundo.


MISSÃO

Proporcionar espaços de mediação criadores de aprendizagens, vivências e memórias.


VALORES

Empatia

Inspiração

Criatividade

Sustentabilidade

Comprometimento

PROGRAMA EDUCATIVO

COMUNIDADE EDUCATIVA

Acreditamos que o museu do século XXI pode ser um recurso fundamental nos processos de ensino-aprendizagem. Consulte o programa no Catálogo para a Comunidade Educativa.

Se pretender realizar uma visita de forma autónoma ao Museu Nacional Soares dos Reis consulte o Dossier de Apoio à Visita.


FAMÍLIAS

Acreditamos que o museu do século XXI é um espaço inclusivo e participativo para todos os cidadãos. Consulte o programa no Catálogo para Famílias.


COMUNIDADE – Jovem, Adulta e Sénior

Acreditamos que o museu do século XXI é um lugar de encontro, de envolvimento e de oportunidades para todas as idades. Um lugar que permite construir novos conhecimentos, consolidar práticas e aprender ao longo da vida. Consulte o programa no Catálogo para a Comunidade.


VISITAS LIVRES

Para realizar uma visita ao Museu Nacional Soares dos Reis, de forma autónoma e no seu próprio tempo, disponibilizamos roteiros informativos de apoio.

Roteiro de visita – História do Museu Nacional Soares dos Reis
Roteiro de visita – Os artistas nas coleções do Museu Nacional Soares dos Reis

O Serviço de Educação do Museu Nacional Soares dos Reis oferece múltiplas experiências, para diferentes públicos e idades, para se envolver e voltar. Com ou sem marcação poderá usufruir desta oferta cultural.

Contactos
se@mnsr.dgpc.pt
+351 223 393 770 Ext 149 e 150

Mecenas do Serviço de Educação 2024

Logotipo Fundação Millennium bcp
Serviços

Documentação e Informação

Biblioteca

O Serviço de Documentação e Informação integra a Biblioteca e o Arquivo do MNSR.

A Biblioteca é especializada em História da Arte, nomeadamente nas áreas temáticas das suas coleções — Pintura, Escultura, Artes Decorativas, Gravura, Desenho, Arqueologia — e ainda em História da cidade do Porto e Museologia. O fundo documental é composto por obras de referência, monografias, publicações periódicas, catálogos de museus, catálogos de exposições, catálogos de leilões, teses académicas e ainda coleções de cartazes, postais e desdobráveis.

O Arquivo, reflexo da atividade e da história da instituição, divide-se em dois fundos, o do Museu Nacional Soares dos Reis e o do Museu Municipal do Porto. O tratamento e controlo da documentação e informação, bem como a consulta e divulgação são alguns dos serviços disponibilizados.

Biblioteca

Horário de funcionamento

A Biblioteca funciona nos dias úteis, das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h00, exceto feriados nacionais e municipais.

O acesso à Biblioteca requer marcação prévia por e-mail.

 

Catálogo da Biblioteca acessível aqui

Regulamento disponível aqui

Contactos
biblioteca@mnsr.dgpc.pt

+351 223 39 37 70

 

A Biblioteca integra o Boletim Bibliográfico Trimestral da Rede de Bibliotecas da DGPC, com destaques do acervo. Consulte aqui:

Boletim 1º Trimestre 2023; Boletim 2º Trimestre 2023; Boletim 3º Trimestre 2023; Boletim 4º Trimestre 2023; Boletim 1º Quadrimestre 2024

Serviços

Conservação e Restauro

Restauro Escultura

Ação de conservação e restauro

O Museu Nacional Soares dos Reis desenvolve um trabalho contínuo nas áreas de conservação e restauro, no contexto da gestão e acompanhamento das diferentes coleções. Participa, ainda, em projetos de investigação com o objetivo de contribuir para novos estudos sobre técnicas e procedimentos de conservação e restauro.

 

Projeto GEO-SR

O projeto GEO-SR pretende colmatar uma lacuna profunda de conhecimento científico e tecnológico respeitante às componentes materiais, conservativas e simbólicas da escultura geomaterial europeia do século XIX, mediante o estudo de 35 esculturas da autoria de António Soares dos Reis.

A equipa é liderada pelo Centro de Investigação em Ciência e Tecnologia das Artes da Universidade Católica Portuguesa e conta com investigadores do GeoBioTec, centro de investigação da Universidade de Aveiro, do Centro de Física da Universidade do Minho, do Construct, unidade de investigação da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto e do MNSR, que aqui se destaca como incubadora para a aplicabilidade dos dados recolhidos.

Financiamento – COMPETE 2020 na sua componente Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional e pelo orçamento da Fundação para a Ciência e a Tecnologia na sua componente orçamento de Estado.

 

Estudo científico Bento Coelho da Silveira

A intervenção de conservação e restauro da pintura e moldura foi realizada mediante mecenato de Sua Alteza, O Príncipe Aga Khan, e teve como principal objetivo restituir a integridade material e estética do conjunto.

Foi precedida por um estudo técnico-científico que envolveu investigadores do MNSR e de três universidades (o Laboratório HERCULES, da Universidade de Évora, Centro de Investigação em Ciência e Tecnologia das Artes da Universidade Católica do Portuguesa e o Departamento de Física da Matéria Condensada, Cristalografia e Mineralogia, da Universidade de Valladolid).

 

Projeto MOLAB 2018

A participação do Museu Nacional Soares dos Reis no projeto MOLAB, que consistiu numa análise maioritariamente não invasiva e portátil de peças em bronze do António Soares dos Reis (recorrendo a técnicas de espetrometria de fluorescência de raios X, termografia e μ-Raman), permitiu ampliar o grupo amostral de esculturas em estudo, tornando ainda mais relevantes os dados comparativos.

Financiamento – Laboratório HERCULES, da Universidade de Évora, complementado com uma tese de doutoramento financiada pela Fundação Ciência e Tecnologia.

Serviços

Cedência de Espaços

Sala do Auditório

Auditório

A cedência de espaços nos serviços dependentes e imóveis afetos à Direção-Geral do Património Cultural está legalmente regulamentada, prevendo o acolhimento de eventos de caráter cultural, social, académico, científico, comercial, empresarial, turístico ou promocional.

No Museu Nacional Soares dos Reis há diferentes espaços passíveis de aluguer.

 

Auditório

Capacidade – 176 lugares

Inserido no projeto de remodelação e expansão do Museu Nacional Soares dos Reis da autoria do Arquiteto Fernando Távora, o auditório possui uma acústica singular que o transforma numa sala polivalente e adequada à realização de vários tipos de eventos – concertos, recitais de música ou poesia, lançamento de livros, atos solenes, conferências, e outros similares.

 

Galeria do Auditório

Capacidade – 200 lugares

Este espaço estabelece a ligação entre as galerias da exposição permanente e as salas de exposições temporárias.

 

Sala Quadrada

Capacidade – 40 lugares sentados ou 50 lugares de pé

Sala polivalente. Pode ser alugada conjuntamente com outros espaços para servir de apoio, como sala de reuniões, apresentações e workshops.

 

Picadeiro/Pátio

Capacidade – 300 lugares sentados ou 500 lugares de pé

Revestido por um painel de azulejos do século XVIII, e com acesso ao Jardim das Camélias, é um espaço transversal que pode ser utilizado para a realização de diversas atividades

 

Jardim das Camélias

Capacidade – 500 lugares

Este jardim exterior é formado por canteiros com várias espécies de camélias que se distribuem em torno de uma fonte central. Com acesso pelo Picadeiro, o Jardim das Camélias. pode ser usado para vários eventos.

 

Átrio do Jardim do Velódromo Rainha D. Amélia

Capacidade – 80 lugares

Espaço polivalente e com vista privilegiada para o Jardim do Velódromo Rainha D. Amélia, este espaço interior possibilita a realização de diferentes atividades como reuniões, eventos culturais, palestras, workshops, entre outros. Quando o tempo o permite, é ainda possível abrir as portas e prolongar a atividade para o Jardim do Velódromo Rainha D. Amélia.

 

Jardim do Velódromo Rainha D. Amélia

Capacidade – 6.300 lugares

Jardim exterior onde podem ser organizados diversos eventos, aproveitando-se o ambiente paisagístico, a evocação do antigo Velódromo D. Amélia, criado pelo rei D. Carlos, e ainda a exposição permanente de peças da coleção de Lapidária do Museu Nacional Soares dos Reis. Permite a montagem de uma tenda e/ou o aluguer complementar do Átrio da Cerca. Este espaço é acessível por uma entrada do museu, independente e localizada na Rua Adolfo Casais Monteiro.

 

Sala do Serviço de Educação

Capacidade – 35 lugares

Espaço indicado para a realização de diferentes atividades, tais como workshops, palestras ou apresentações.

 

Regulamento de Cedência de Espaços dos museus, monumentos e palácios dependentes da Direção-Geral do Património Cultural

Tabela de Preços MNSR (em vigor a partir de 2023-09-01)

Para mais informação: geral@mnsr.dgpc.pt

Serviços

Cedência de Imagens

Cedência de Imagens

A pesquisa em suporte digital do acervo do Museu Nacional Soares dos Reis está disponível na plataforma MatrizPIX. Todos os pedidos de utilização de imagens relativas ao Museu Nacional Soares dos Reis e aos demais Museus, Monumentos e Palácios da DGPC devem ser formulados, com uma antecedência não inferior a 15 dias, ao Arquivo de Documentação Fotográfica, via email, ou dirigidos aos respetivos Museus e Monumentos que os reencaminharão para o Arquivo de Documentação Fotográfica.

 

Arquivo de Documentação Fotográfica

Forte de Sacavém,
Rua do Forte do Monte Cintra,
2685-141 Sacavém

Tel: (00 351) 219427782
Email: adf@dgpc.pt

 

Regulamento de utilização de imagens

×