https://simal.ing/
Atividades AMNSR | Fevereiro - Museu Nacional Soares dos Reis
Loading...

Atividades AMNSR | Fevereiro

2024-02-29
2024-02-01

Calendário de Atividades
Exclusivo para Sócios

do Círculo Dr. José Figueiredo
Amigos do Museu Nacional Soares dos Reis

 

Inscrições aqui

Curso A Natureza Ilustrada
2, 9, 16 e 23 fev, 10h30 /13h00 e 14h30/17h00, sexta

Ilustrar significa iluminar, esclarecer, dar a conhecer factos e conceitos da Ciências. Independentemente da forma como uma ilustração científica possa ser apreciada, importa referir os objetivos que guiaram a sua conceção: atrair, informar, descrever, explicar, sensibilizar, transmitir um facto ou conceito científico, com honestidade. Este 1º Módulo da Ilustração Científica, incide na aprendizagem das técnicas clássicas do desenho, nomeadamente grafite sobre papel e carvão composto. Pretende-se a produção de ilustrações monocromáticas (preto e branco) pelos participantes, dando relevo à estrutura e volumetria dos objetos representados.

Local Serviço de Educação
Exclusiva para os membros do CDJF – Amigos do Museu
Curso orientado
por Jorge Coutinho
Inscrições amigosdomnsr@gmail.com

 

Visita Orientada Uma casa incomum – a Casa-Museu Fernando de Castro
3 fev, 11h00, sábado

A Casa-Museu Fernando de Castro foi a residência de uma família de colecionadores dedicados às artes ornamentais, torêutica, escultura e pintura. Coube à última herdeira, Maria da Luz de Araújo Castro, fazer a doação ao Estado do imóvel e recheio cumprindo postumamente o desejo do seu irmão, Fernando de Castro, em fundar um museu público. Por decreto de 15 de dezembro de 1951 foi classificada a CMFC como anexo do Museu Nacional de Soares dos Reis. A decoração interior da Casa-Museu é dominada por um ambiente revivalista, onde sobressai o trabalho da talha e grande profusão de arte sacra transmitindo ao espaço um certo espírito de antiquário, em acerto de gosto com o culto dos estilos nacionais e das antiguidades nos finais do século XIX.

Local Casa-Museu Fernando de Castro
Exclusiva para os membros do CDJF – Amigos do Museu
Visita orientada
por Ana Mântua
Inscrições amigosdomnsr@gmail.com

 

Visita Orientada Os móveis falam do seu tempo
10 fev, 11h00, sábado

Os móveis, criados para satisfazer as exigências de diferentes clientelas de origem doméstica ou conventual, para além de refletirem a estética, o gosto da época em que foram realizados, revelam também hábitos e vivências do seu tempo. Enquanto em alguns podemos ainda rever práticas do nosso quotidiano, noutros a sua função e consequentemente a sua forma, foi completamente extinta. Os móveis da Exposição de Longa Duração do Museu permitem seguir um percurso de vivências da sociedade e práticas da utilização do mobiliário entre os séculos XVI e o século XVIII.

Local Galerias do Museu
Exclusiva para os membros do CDJF – Amigos do Museu
Visita orientada
por Paula Oliveira
Inscrições amigosdomnsr@gmail.com

 

Visita Orientada Escultores de Gaia no Museu: de Soares dos Reis a Diogo de Macedo
17 fev, 11h00, sábado

Os escultores Soares dos Reis e Teixeira Lopes são os primeiros elos de uma cadeia que se estende ao longo do séc. XX. Nesta linha de sucessão entram os nomes de Augusto Santo, Fernandes de Sá, António de Azevedo e Diogo de Macedo, entre outros artistas de Gaia, formados na Escola de Belas-Artes do Porto.

Local Galerias do Museu
Exclusiva para os membros do CDJF – Amigos do Museu
Visita orientada
por Paula Santos Triães
Inscrições amigosdomnsr@gmail.com

 

Visita Orientada Artur Loureiro – Um pintor português no encontro dos séculos
24 fev, 10h30, sábado

Em 1901 Artur Loureiro regressa ao Porto, depois de mais de 20 anos de permanência no estrangeiro, 16 dos quais passados na Austrália, protagonizando com isso um percurso de vida fora do comum. Tido como responsável pela introdução do movimento simbolista no contexto artístico australiano, Loureiro não abandonaria nunca o naturalismo de princípio. Nos antípodas caminhara, sem o saber, a par dos artistas do seu País, vivendo à distância um mesmo universo de contradições, o mesmo que se manteria no seu regresso ao Porto, entre a pintura que ora parece buscar a absoluta verdade do “natural”, ora se embebe de emoções e estados de alma.

Local Galerias do Museu
Exclusiva para os membros do CDJF – Amigos do Museu
Visita orientada
por Ana Paula Machado
Inscrições amigosdomnsr@gmail.com

Faça parte dos Amigos do Museu

Beneficie de vantagens exclusivas. Saiba mais aqui.

×